<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d6432744\x26blogName\x3dANTES+DE+TEMPO\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://antesdetempo.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://antesdetempo.blogspot.com/\x26vt\x3d685797521404101269', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

segunda-feira, 22 de maio de 2006

 
Gustav Metzger



O Lund Konsthall mostra, até 27 de Agosto, obras de Gustav Metzger. Nascido em 1926 em Nuremberg, Metzger só começou a tornar-se conhecido nos anos 50 com o manifesto da arte auto-destrutiva. De origem judaica, Metzger teve que fugir para Londres em 1939 para escapar ao Holocausto, que aliás vitimou os seus pais e irmã. Desde a década de 50 que Metzger se interessou por uma arte efémera e auto-destrutiva abrindo a relação entre a intervenção artística e o manifesto político. Por outro lado, Metzger tornou óbvia a relação entre arte e ciência através de um conjunto de obras e instalações em que põe em evidência determinadas reacções químicas e físicas. Durante os anos 90, Metzger começou a trabalhar sobre a memória e são sobejamente conhecidas as suas séries de Historical Photographs, abordando principalmente o Nazismo e o Holocausto. Uma série de exposições nos últimos anos têm revelado a importancia de Gustav Metzger no contexto da arte do pós-guerra.



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?